sábado, março 17, 2007

Jogo de hóquei

Como o último post deve ter sido difícil de ler, resolvi escrever sobre as novidades mais alegres, divertidas e saudáveis dessa semana que passou.
Na quinta-feira passada, eu, Lu combinamos com Teea para assistirmos um jogo de hóquei. Encontramos com ela na estação de trem de Helsinki e fomos para o estádio Hartwall Areena. Eu nunca vi um jogo de hóquei, sabia como era mais ou menos, que os jogadores patinavam atrás de uma "bola" achatada preta redonda, mas não sabia as regras (nem eu e nem Lu). Antes de comprar os ingressos, Lu me perguntou "você quer mesmo ir? é um jogo violento, você quer mesmo ir?", eu disse que não tínhamos nada a perder, no mínimo eu iria conhecer um novo tipo de esporte, mas, sinceramente, fiquei com medo de acontecer algum acidente com algum jogador durante o jogo. Logo que encontramos Teea descobrimos que iríamos ver um jogo entre Jokerit (time de Helsinki) e Ilves (time de Tampere). Como moramos mais perto de Helsinki decidimos torcer para Jokerit. Pegamos um trem e quando chegamos no estádio fomos procurar nosso portão. O estádio tem cadeira numerada, então tínhamos que encontrar exatamente o nosso portão, a fileira e as nossas cadeiras. Depois de andar um pouco, acho que demos quase uma volta no estádio, achamos nosso portão e fomos nos sentar. Ainda não tinha começado o jogo e aproveitamos para comprar pipoca e refrigerantes. Depois voltamos para nossos lugares e esperamos começar.
O jogo começa com a apresentação dos 3 juízes que ficam patinando que nem uns loucos e depois entrou o mascote do Jokerit, que lembra um bobo da corte. Começou a sair fumaça de uma bola toda iluminada que descia e girava, assim os jogadores do Jokerit foram apresentados, cada um entrava patinando e apareciam em um filme bem produzido no telão do estádio, todos com pose de modelo e muito machão. Muito esquisito, parecia que a gente estava assistindo um filme sobre jogos de hóquei. O outro time não teve essa produção toda, já que não era o time da casa.
Enfim, começou o jogo e às vezes a gente perguntava a Teea o que estava acontecendo. O jogo é muito rápido, são 3 tempos de 20 minutos, com intervalo entre os tempos de 18 minutos. Durante o jogo sempre tem um jogador trombando em outro, eles quase não caem, é impressionante. É um jogo muito violento, mas ainda bem que nenhum jogador saiu sangrando, talvez alguns tenham se machucado, mas não deu para saber. São 20 jogadores, durante o jogo só pode ficar 5, eles ficam trocando o tempo todo, não precisa parar o jogo para entrar um novo jogador. Isso o torna ainda mais rápido. Quando algum jogador comete alguma falta, ele é punido e fica sentando durante alguns minutos. Quando a falta é mais grave, o goleiro sai do jogo, imagine o desespero.
O primeiro gol que o Jokerit fez, os juízes ficaram com dúvida, se foi gol ou não, então para terem certeza, pararam o jogo e foram ver o vídeo, que passava também no telão para todos verem. Assim, descobriram que não tinha sido gol, a torcida ficou muito chateada, mas essa era a verdade.
Nesses momentos que não tem jogo, por causa de alguma falta ou quando o goleiro pega a bola, a música aumentava e umas meninas tipo líder de torcida dançavam na escada ao lado das cadeiras. Eu achei muito artificial e percebi que ninguém dava muita atenção também. Deve ser tão normal para eles, que eles nem olham mais.
A torcida do Jokerit era a maior, a gente ficou sentado do lado dela. Era a mais agitada, cantava músicas, pulavam, mostravam cachecóis com o nome do time, balançavam as bandeiras e alguns chingavam (é claro), chigamentos que Teea não conseguia nem traduzir. A outra torcida estava em menor número, então não conseguia atrapalhar muito.


Torcida do Jokerit


Jogo Jokerit x Ilves


Nos intervalos a gente saía um pouco para comer, andar um pouco, conversar e depois a gente voltava.
O jogo acabou, o placar foi 2 x 1 para Jokerit, então ele continua no campeonato finlandês de hóquei e segue para as quartas-de-final ou semi-final (não lembro).
Eu e Lu pegamos um trem para voltar para o Kamppi, nos despedimos de Teea que foi pegar outro trem e do Kamppi pegamos um ônibus para casa.


Lu, eu e Teea


Foi bom conhecer um novo tipo de esporte mais de perto, o jogo é muito rápido, às vezes ficava muito perdida, não sabia onde estava a bola, uma confusão de jogador entrando, outro saindo e todos patinando muito rápido. Teea disse que pela TV é mais fácil de acompanhar o jogo, sei não, acho que ainda prefiro o nosso velho futebol.
Amanhã se eu achar um tempinho, eu conto como foi a nossa sexta-feira e sobre o que fizemos hoje.

10 comentários:

Teea disse...

Admirável como vc pegou a idéia do jogo! Foi um jogo de quartas-finais, mas não foi o único; Jokerit tem que vencer mais vezes o Ilves para continuar a meias-finais (acho que se precisa 4 vitórias para chegar lá, hoje Jokerit venceu a Ilves em Tampere, então agora tá 2-0 para eles).

Beijo grande,
Teea

Teea disse...

Encontrei na net:

http://www.jokerifanit.net/n/?m=pages&a=showpage&t=387&id=

Consegue abrir?

bjo

Mauricio Vieira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mauricio Vieira disse...

Jona,

Ir ao estádio é sempre uma terapia. E não tem graça se não for pra xingar o juiz, hehehe.

Eu mesmo que não ligo muito pra futebol desde que tinha uns 13 ou 14 anos, me descobri torcedor "fanático" pelo América de Natal. Mas a vontade de que o time ganhe só dura dentro do estádio, depois do jogo, eu não tou nem aí =P.

De qualquer forma, deve ter sido mto divertido, apesar de esquisito.

Ah, pensei que rolassem mto mais gols em partidas de hockey.

Outra, qual o esporte mais popular daí?

Beijos, e dá um beijo em Joni por mim,

Maux

Mônica disse...

Cá, infelizmente aqui em Salvador tivemos uns incidentes com as torcidas, que estão se comportando como as do sudeste, triste. Até morte rolou e estão sendo cuidadosos com os jogos agora.

Você precisa entrar mais no icq, tenho um monte de coisa para contar e não dar para esperar para contar para Lú no FISL rsrsrs será que ele vai aguentar escutar meu lenga-lenga como você? rsrsr acho que não e ainda vai rir da minha cara hahahahah

bjs

Maria de salete disse...

Beleza hein?
E vcs 3 estão lindos na foto.
Estádio é sempre bom demais...
Lucas deve se lembrar quando fomos pra Fonte nova ver Grêmio e bahia.
Delícia!!!

Wagner Saback Dantas disse...

Och, Cá, você não vai para PoA não? :-(

Da cobrança ao relato: bom revê-los em foto, sorrindo, muito bom!

Não sou mais um fã ardoroso de futebol. Desde que tudo deste esporte tornou-se máfia (entre aspas), a motivação vai para a cucuia. Uma pena perceber a transformação da cordialidade do "baba" ao produto de muito valor monetário.

Voltando à mensagem:

Haverá mais relatos sobre o finlandês? Estou esperando *muito* algo como uma edição bilíngüe português-finlandês ou finlandês-português ou trilíngüe inglês-finlandês-português. É preciso praticar, minha filha! ;-)

Dias de chuva aqui em Fpolis. Dia lindo o de hoje, devo confessar. Umas nuvens pairando calmas sobre umas montanhas que cercam o local onde eu moro. Uma temperatura muito agradável.

Por aí o inverno mostra sinais de término?

Espero tremendamente que a minha primeira indagação seja equivocada. E uma resposta bem clara diga:

_ Sim, eu irei com Lu para Poa!

Imagine?

Beijo carinhoso, outro para Lu, e sigamos em paz.

Um belo domingo para vocês!

É isso,
Wagner - Fpolis, SC, BR, 17.03.2007, 22h45.

Teea disse...

Mais uma vez... quanto aos esportes populares aqui: pelo menos hoje a maioria dos finlandeses deve ter assistido a corrida da Fórmula 1... Parabéns Kimi! http://www.f1naweb.com.br/

Carlinha disse...

Oi Ca,

Post bem legal! Agora eu queria entender pq o jogo é violento.. Os jogadores batem muito um no outro? Como é...

E vc gostou da experiência de ter ido a um estádio? O bom é que aí vc pode xingar a vontade em português e ninguem vai entender nada :)

Ah, eu também tenho um monte de coisas pra conversar com vc... Fale comigo também (imitando kinha :) ).

Beijão,
Carlinha

Pata disse...

Oi Carol!
Adorei a sua narracão sobre o jogo, deu até pra eu me imaginar lá.
Me pareceu bem legal, no próximo eu tb quero ir, me avisa qdo forem e podemos marcar de ir juntos.
Beijinhos e boa semana!