sexta-feira, setembro 07, 2007

Viagem para Paris (3)

No domingo acordamos às 8h, tomamos o café rapidinho e fomos direto para a estação de metrô. Nesse dia usamos o metrô porque queríamos chegar cedo no Louvre, já que fomos no primeiro domingo do mês, no qual todos os museus tem entrada grátis. O ônibus só passaria no ponto às 10h, depois teríamos que pegar outro ônibus e acho que às 11h30 chegaríamos no Louvre. Optamos pelo metrô para chegar mais rápido, já que o Louvre abre às 9h e assim, evitar a fila. Pegamos o metrô e chegamos lá antes das 9h30. Estávamos esperando uma fila quilométrica. Tinha fila mas não estava grande e andava bem rápida, as pessoas chegavam e entravam logo, sem nenhuma espera. Foi ótimo porque eu odeio esperar.
Entramos e pegamos o mapa do Louvre. Algumas pessoas já tinham nos dito que o Louvre é gigante e acreditem é mesmo. Tem 4 andares e um monte de seções, por isso antes de começarmos, escolhemos os lugares que queríamos visitar. Assim ficou mais fácil.
Vimos as antiguidades medievais, iranianas, francesas, gregas, romanas, egípcias e italianas. Não dava para olhar todas com cuidado, paramos em algumas, tiramos fotos e depois continuávamos caminhando. Dentre as esculturas, nós vimos a Vênus de Milo e as esculturas de Michelangelo. Ao mesmo tempo que olhávamos para as antiguidades em cada sala, olhávamos também para cima, os tetos são lindos. Hoje já não se faz tetos como antigamente. E vimos, é claro, a Mona Lisa. O quadro não é tão grande, eu pensava que ele era maior do que ele é. Não pode chegar perto e você precisa entrar no meio de uma fileira desordenada e tentar tirar uma foto de longe com um monte de gente te empurrando. Lu foi e fiquei esperando, não dava para entrar os dois, era muita confusão. Olhamos mais alguns quadros franceses e italianos do séc. XIII até o séc. XVII. Nesse mesmo andar vimos outras esculturas, não deu tempo para ir no último andar, pois já era 12h e ainda queríamos ir ao Museu D'Orsay. Para sair do Louvre é uma aventura, acho que nos perdemos um pouco, mas foi até bom, porque vimos as seções que não tínhamos visto ainda. Conseguimos sair do Louvre e pegamos outro ônibus para o D'Orsay.


Museu do Louvre


Teto do Louvre


Vênus de Milo


"The Dying Slave" de Michelangelo


Eu no Louvre


Mona Lisa


Lu no Louvre

Quando chegamos no D'Orsay, tinha uma fila enorme, estava andando mas esperamos uns 15 minutos. Pegamos o mapa e Lu disse que queria ir logo para o quinto andar, onde estão as obras dos principais pintores do Impressionismo. Em cada seção que Lu entrava, os olhos ficavam brilhando. Ele já tinha lido muito à respeito desses pintores quando ele morava com os pais dele. Cada quadro que ele via, ele queria tirar uma foto. Lu não é de fazer isso, ficar que nem aqueles turistas japoneses, que querem sair sempre na foto, não importa o que seja, eles tem que aparecer. Lu estava muito emocionado e queria ter o registro que ele esteve ao lado desses quadros. Depois disso, passamos rapidinho nos outros andares e na loja. Compramos 3 cópias e um livro pequeno sobre artes. Saimos do D'Orsay e comemos uns sanduíches em uma lanchonete pertinho do museu.


Museu D'Orsay


Relógio do D'Orsay


A ponte de Monet e Lu


A sesta de Van Gogh e eu

Depois do lanche, pegamos o ônibus de novo e fomos em direção a Igreja Sacré Cœur. Nós fomos encontrar com meu primo, Thiago, na frente do portão dessa Igreja. Esperamos um pouco, logo em seguida, Thiago chegou e fomos visitar outro museu. O museu de Salvador Dali. Como esse museu é privado, tivemos que pagar as entradas. Vimos as pinturas e esculturas de Dali, descobrimos que ele também foi estilista de moda, cada coisa doida. Depois do museu, fizemos outro lanche e colocamos a conversa em dia. Às 18h, Thiago nos levou à estação de metrô e de lá fomos direto para o Aeroporto.


Salvador Dali


Museu Salvador Dali


Pintura de Salvador Dali


Eu, Lu e Thiago (meu primo)

Gostei muito de Paris, foi uma viagem intensa, a cidade é muito bonita e bem conservada, nos fez muito bem. Se um dia sobrar alguma grana, pretendemos voltar à França e conhecer Versalhes, dizem que é uma cidade muito bonita. Sonhar não custa nada, não é mesmo?

6 comentários:

Vinicius disse...

Fiquei feliz que vcs tiveram a oportunidade de fazer esse passeio. :-)
Espero que ainda possam visitar outros lugares legais e, claro, postar tudo por aqui.

Beijonesss!

Mônica Paz disse...

Oi de novo Cá, como só consigo me comunicar com vc via blog, deixo aqui registrado que acho que a sua família só tem gente bunita rsrsrsr

Fiquei com uma dúvida: o ônibus tem guia? ele dar o tempo que as pessoas devem ficar em cada lugar?

Sensacional a maratona de cultura francesa (pelo conteúdo e impostância eu diria mesmo que seria de cultura mundial). Cada vez mais te sinto bastante madura e sempre pronta a aprender e pesquisar sobre diferentes culturas, parabéns :-)

bjs,
Kinha!

Pata disse...

Nossa, vcs fizeram muita coisa em tão pouco tempo! Isso é que é disposicão!

Cas e eu tb somos assim, então, acho que seremos boa companhia pra viagem, hehe.

As fotos ficaram lindas e os comentários muito bem detalhados.

Bjks

rhaonis disse...

Carol você me mata de rir com a riqueza de detalhes e informacoes. Estou muito sem tempo, mas hoje minha cabeca doi demais, nao da pra estudar Alemao com dor de cabeca, entao vim ler o seu blog, tô até me sentindo melhor...

Muito legal o SUPER GUIA de Paris, ri demais no post 2 na parte da barraquinha da mulher de crepes de Nutela (já vou avisando ela fica no final da rua... bla bla bla) hahahahah eu ri demais.

Temos que marcar uma coisinha (preciso achar tempo), pra você e o Lu conhecerem aqui em casa, brincarem com o London, etc.

Sucesso no estágio!
Se cuida, beijao!

Terveisiä Lucasille!
Hejdå

Mauricio Vieira disse...

Sim, e não vai postar mais nada não é?

Tou com saudades dos seus escritos.

Beijos,

André Lage disse...

Ohh Paris. A primeira cidade nao brasileira que conheci. Foi realmente um grande contraste com relacao a conservacao da cidade e a cultura.

Eu andava sempre de metro e a pé. Kilometros a pé!! Pra conhecer as esquinas, ver as pessoas, os parques, as arvores, etc. Linda demais, que saudade de lá :)

Olha, muuuuuuuuuuita coisa eu nao vi ainda am Paris pq deixei pra ver com Livia em dezembro e tb pq n deu tempo mesmo (inclusive versalhes!).

Beijos pros dois! à bientôt!