domingo, maio 06, 2007

Dúvidas sobre o Vappu

Vou tentar responder as dúvidas sobre o Vappu, mas vou logo dizendo que não sei se tudo está correto, como vocês sabem não sou finlandesa, estou vivenciando e conhecendo ao mesmo tempo a cultura finlandesa. Fiz uma busca rápida pelos inúmeros livrinhos que tenho aqui em casa sobre a Finlândia, não encontrei nada a respeito do Vappu e da Havis Amanda (a estátua), então, vou apelar ao google e a nossa queridíssima wikipédia.
Li na wikipedia um artigo em finlandês sobre o Vappu, foi difícil traduzir, tinha muitas palavras novas para mim e muitas declinações que ainda não estudei. Enfim, eu tentei. Finlandeses e brasileiros (quase finlandeses) de plantão, se tiver alguma coisa errada, por favor me corrijam. Vamos lá.
Vappu deve ter vindo de Valpuri (isso não está claro), que é um nome de mulher. Vappu/Valpuri veio do nome de uma santa católica chamada Valburg.
Aqui na Finlândia existe um calendário com nomes para cada dia do ano, por exemplo no dia 01 de Maio o nome escolhido para o dia é Valpuri.
No Brasil acho que não temos calendário como esse. Acho que seria divertido ter um nome para cada dia do ano. Que dia seria para José, Valdemar e Maricleide? Difícil, hein? Acho que o brasileiro tem muita criatividade para criar nomes, é cada nome que aparece. Acho que esse pode ser o motivo principal para não termos esse tipo de calendário, quem iria escolher os nomes que ficariam no calendário? Como seria essa seleção? Acho que seria muito difícil. Não sei como e nem quando os finlandeses fizeram tal calendário, mas saibam que existe, pois recebi no curso de finlandês e já vi sendo usado em muitos lugares públicos. Ou seja, além do seu aniversário, você tem outro dia para comemorar, o dia que possui seu nome! Para mim os nomes ainda são uma incógnita, não sei identificar se o nome é de mulher ou homem, às vezes, acho que é de mulher mas não, é de homem. Por exemplo, Vappu para mim parece ser de homem, mas é de mulher. Acho que os finlandeses devem achar a mesma coisa de alguns nomes brasileiros. Para eles é mais difícil ainda, o idioma finlandês não possui gênero, ele e ela são a mesma coisa, você não sabe se é homem ou mulher. A pessoa usada para representar ele&ela é "hän", só dá para saber se é homem ou mulher se você pescar alguma pista durante a conversa ou se não tiver outro jeito você terá que perguntar.
Acabei saindo do foco, voltando ao Vappu. Desde 1890 que a Finlândia comemora o Vappu, essa festa foi trazida da Suécia, no texto não está claro se sempre foi no dia 01.05, enfim, isso é só um detalhe. Nesse período a Finlândia não pertencia mais a Suécia, mas imagino que ainda existiam muitos suecos na Finlândia, que devem ter influenciado em alguns costumes finlandeses. No Vappu é comemorado o início do primavera e o dia do trabalho, sendo que os estudantes comemoram muito mais no dia 30.04 e continuam a festa no dia 01.05. No dia do trabalho ocorre o tradicional desfile, não sei quem desfila mas tem desfile, tal como no Brasil.
Não sei quando os estudantes começaram a fazer parte desse dia e nem por que. Acho que isso não deve ter uma data específica, é impossível saber quem foi a primeira pessoa que usou quepe, acho que deve ter acontecido por acaso, uma pessoa achou legal sair com o quepe que tinha recebido no dia da formatura, os outros viram e acharam legal também, no ano seguinte usaram também e até hoje eles usam seus quepes.
Também, li um texto à respeito da Havis Amanda na wikipédia (esse está em inglês). Havis Amanda é uma estátua de uma mulher nua, que foi esculpida por Ville Vallgren em 1906 em Paris. Ela foi trazida para a Finlândia em 1908, simbolizava o renascimento da Finlândia. Um pouco de história... Em 1905, ocorreu na Finlândia uma greve geral contra a opressão czarista, na época a Finlândia ainda não era independente, pertencia a Rússia. Em 1917, a Finlândia declarou independência e Havis Amanda estava lá acompanhando tudo de perto. :)
Ville Vallgren chamou esse trabalho de Merenneito, só que os jornais finlandeses e suecos começaram a apelidar a estátua de Havis Amanda, em finlandês Haaviston Manta ou simplesmente Manta. Na época, a estátua foi muito criticada, principalmente, pelas mulheres (é claro) que achavam inapropriada a sua nudez. A estátua veio no período em que as mulheres conseguiram o direito de voto, as primeiras na Europa a alcançar tal direito. Fico imaginando como deve ter sido, o mínimo que eu conheço e já ouvi falar sobre as finlandesas, elas são "jogo duro". Deve ter sido muito difícil para os finlandeses convencerem-nas. Brincadeiras a parte, o motivo principal é que elas consideravam que a estátua enfraquecia a imagem da mulher, fazendo parecerem fracas, como objeto sexual, diminuindo o valor das mulheres. Algumas mulheres diziam que ela era como uma prostituta francesa. Outros finlandeses não gostavam dos trabalhos de Ville Vallgren. Com o tempo, eles começaram a aceitar a estátua e hoje ela foi votada como a mais bonita e importante peça de arte em Helsinki. Não achei quando começaram a lavar a estátua e nem por que. Será que começou com uma brincadeira de algum bêbado muito doido? Sei não, mas eu tenho uma leve desconfiança. :)
Será que ficou mais claro? Sei que algumas coisas que ainda ficaram em aberto, talvez no próximo Vappu (sendo muito otimista) eu consiga ler mais textos em finlandês e explicar mais coisas sobre essa festa.

8 comentários:

Teea disse...

Carol,
Muito legal a sua pesquisa sobre o Vappu! Nem eu sabia nada do Havis Amanda...
Quanto ao nosso calendário, meu nome não está lá, que triste!

Beijos,
Teea

Mauricio Vieira disse...

Excelente. "Cuidado" pra não ser contratada aí como professora de história da arte :).

Beijos,

Mônica Paz disse...

Olá, gostei de ver a responsabilidade que você apresentou pelos seus leitores :-)
Não sabia, pesquisou e atendeu nossos pedidos :-)

Muito legal o post!

Vinicius disse...

Santo, santo, santo, Bento que vem, em nome do Senhooooooooor!

Pata disse...

Oi Carol!

Muito legal o post informativo!

Ah, despulpe pela precisa descricão da feijoada, mas é que não é todo dia que como bem assim por aqui.

Pode deixar que da próxima vez descevo menos, hahaha.

Obrigada pela pizza de ontem, amei!

Bjs e bom passeio!

JP disse...

Carol:
SOu João Paulo, irmão de Maurício Vieira.
Ando lendo o seu blog por indicação de meu irmão, e hoje me senti com uma obrigação moral de parabenizá-la. Simplesmente fantástico o seu trabalho!
O que sempre me fascinou ao conhecer lugares novos, desde criança, foi conhecer o cotidiano. O seu cuidado e a sua maneira de escrever nos transportam para a Finlândia, trazendo sensações semelhantes à que sentiríamos se estivéssemos aí. Muito boa sorte para você e o grande Lucas em seus caminhos por aí. "De Cá" torço muito pra que tudo continue dando muito certo.
Um grande abraço
João Paulo Vieira

Maria de salete disse...

Carol, parabéns pela pesquisa, pelo cuidado com seus leitores.
Faz a gente se sentir bem, saber que seu blog é de mão dupla, que vc considera seus leitores.
Deliciosas informações.
País feminino esse, né?
Bjs

Wagner Saback Dantas disse...

Ei, Cá!

Que legal conhecer mais detalhes sobre o Vappu. Muito obrigado pelo zelo e consideração de nos colocar mais informados sobre as suas comemoração e história. :-)

Este post foi apenas um rápido "olá". Agora, vou dormir!

Beijinhos,
W.