sexta-feira, janeiro 26, 2007

Primeiras aulas de finlandês

Nessa semana eu tive as minhas primeiras aulas de finlandês. As aulas foram na universidade, na terça-feira e quinta-feira e cada aula teve 1h30 de duração.
Lu foi comigo no primeiro dia de aula (na terça-feira passada), almoçamos juntos e logo em seguida, fomos procurar o prédio da universidade. Foi bem fácil encontrar o lugar, ainda bem, porque a temperatura não estava muito agradável para ficarmos perdidos no meio da rua, fazia muito frio, uns 17 graus negativos. É frio do queixo ficar duro! Impressionante!
Enfim, chegamos no prédio da universidade, lá dentro estava bem quentinho, mas continuei com o meu casaco e minhas luvas, ainda estava com frio e demorou um pouco para me aquecer. Achamos a sala de aula, me despedi de Lu, que tinha que voltar para o trabalho, entrei na sala, escolhi minha cadeira e sentei. Pronto, depois de tanto tempo esperando por esse momento, lá estava eu esperando a aula começar. A sala estava em silêncio, mal as pessoas se olhavam. Um clima muito estranho. Eu estava um pouco ansiosa, um pouco nervosa e muito feliz também.
O silêncio foi quebrado quando a professora chegou e disse "Hyvää päivää!" (Boa tarde!) e algumas pessoas responderam. A professora é uma finlandesa bem simpática e sorridente. Na primeira aula, vimos algumas expressões comuns do dia-a-dia, o alfabeto e os sons de algumas palavras. Os sons, é a parte mais difícil para mim. Eles usam uns sons que não são comuns no português. Então tive que me esforçar muito para tentar repetir exatamente o som principalmente de duas letras: ä ("a" com som de "é") e y (som do "u" do idioma francês). A professora fala pouquíssimo inglês durante a aula, ela fala um finlandês bem devagar, gesticula muito, faz umas caras e bocas muito engraçadas e pede para a gente repetir várias e várias vezes a mesma coisa. É uma ótima professora! No início da aula, ela entregou alguns papéis que continham desenhos com diversas situações e frases corriqueiras. Assim eu aprendi minhas primeiras palavras e frases em finlandês, sem saber ao certo o que cada palavra significava, só fazia repetir e entender o contexto no geral.
Acho que é assim que aprendemos quando criança, fazemos associações de coisas e palavras, expressões e situações, depois disso, repetimos e somos entendidos. Simplifiquei bastante, mas foi assim que eu me senti na aula de finlandês e esse método dá muito certo, a fixação é mais rápida.
Na minha sala tem gente de todo lugar do mundo, é bem misturado. O inglês é a língua mais usada nas conversas e por isso, ainda me sinto um patinho feio no meio de tantos cisnes que falam perfeitamente e fluentemente o inglês.
Tenho conversado com as pessoas que estão sentadas do meu lado, mas o assunto se restringe a aula. Às vezes, sentia vontade de expandir a conversa e saber mais da vida delas, por que estão aqui, no que trabalham, essas coisas extra sala de aula, mas me sinto travada, sem vocabulário, falando um inglês truncado, lento e de poucas palavras. Isso me deixa sufocada e angustiada. Tudo bem, tudo tem seu tempo, mas isso não impede de me sentir assim.
Tem um brasileiro na minha turma, além do português, ele fala inglês e outras línguas que não me lembro agora. Ainda não tive oportunidade de conversar com ele, ele sempre está acompanhado de uma amiga e sempre estão conversando em inglês. Fico receosa de falar com ele em português, atrapalhar a conversa deles e deixar a amiga dele de fora da conversa. Talvez ainda não tenha aparecido a oportunidade, outras aulas virão e com certeza, em alguma dessas aulas isso irá acontecer. Por enquanto, fico esperando.
Depois da primeira aula, cheguei em casa cansada e com dor na garganta, acho que forcei de mais falando aqueles sons esquisitos. Já estou melhor, a dor na garganta já passou. Na quarta-feira estudei um pouco, vi o significado de algumas palavras no dicionário e ensinei algumas frases a Lu. Foi bem divertido.
Na quinta-feira, ontem, fui sozinha pra segunda aula. Cheguei lá bem cedo, fiquei vendo a minha agenda nova enquanto os minutos passavam. Os alunos começaram a entrar na sala e lá fui eu também para dentro da sala. Que silêncio! Duas pessoas conversavam na fila da frente, mas uma conversa bem baixinha. Mais alunos foram chegando e a sala foi ficando um pouquinho mais barulhenta. Até que a professora entrou e disse "Hyvää päivää!" e todos nós respondemos "Päivää!". Nessa aula, revimos o assunto da primeira aula e aprendemos novas frases, perguntas e respostas em finlandês.
Ainda não estudei. Hoje, acordei com preguiça, vou fazer um esforço para estudar mais tarde, ensinar a Lu mais algumas frases em finlandês e me preparar para a próxima aula.

14 comentários:

Anônimo disse...

Carol,
imagino como vc deve estar se sentindo! Essa dor de garganta tem inúmeros motivos: os da fala de novos sons e da vontade de falar sem conseguir!
Lucas bem que vai aproveitar as lições da professora carol!
Beijão,
salete

vinnie disse...

5 tremas pra falar boa tarde! Affffffff... Deve ser uma mudança e tanto na forma de soletrar as letras e palavras. Boa sorte menina! :-)

Pata disse...

Oi Carol!

Vc me fez lembar da minha primeira aula de finalandês! Eu tb não falava quase nada de inglês e sei muito bem do que vc está falando. Mas veja pelo lado positivo, como vc não tem outra língua pra escapar do finlandês, vai acabar aprendendo mais rápido.
Eu não tive a sorte de ter um brasileiro na minha turma, mas tive uma amiga espanhola que entendia português muito bem, e, como tb entendo espanhol bem, falávamos bastante durante a aula, que vergonha!
Eu tb comecei minhas aulas essa semana e já vi que vou ter que correr muito atrás para acompanhar a turma, pois o curso cinco é puxadíssimo, tô estudando muuuito.
Bjnhs e boa sorte com o suomi 1!

Pata disse...

Ah, deixa eu te fazer uma pergunta (já viu que eu falo pra caramba, né?): vc tá gostando do curso de inglês? Ainda é possível entrar na turma?
Pode me responder pelo meu blog, o link tá no meu nikcname.
Bjnhs!

Pata disse...

Oi Carol, não sei por que meu link não tá entrando, acho que é pq mudei para o novo blogger (q usa a conta do google) agora.
Bom, mas aí vai o link pro meu blog: http://patacassio.blogspot.com/
Obrigada pelos links do curso, vou dar uma olhada lá.
Bjs!

Mônica disse...

OI cá, estude muito e nada de ansiedade, só aquele tipo bom que nos serve de motivação a alcançar algo ;-)

Teea disse...

Oi Carol,
Legal o novo visual do blog! Quase faz esquecer do inverno (e do frio), rs.
Quanto a silencio no inicio da aula... parece que todos eles já viraram finlandeses?!
Bom, espero ter mais noticias na terça-feira depois da sua próxima aula!
Beijos e ótimo final de semana para vc e Lu,
Teea

Anônimo disse...

Caca querida
que imagem maravilhosa tirou a sua maquina nova, são perfeitas. Mudando de assunto, tudo na vida é muito lento ainda mais quando nos queremos que aconteça ontem. Conhecendo perfeitamente voce estou super feliz com as suas conquistas. Contunui que vai dá tudo certo.
Um beijão Ana Rodarte

Mônica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mônica disse...

Hoje eu e Auréi estavamos almoçando no restaurante vegetariano e encontramos um irmão de um amigo meu, o pai de um amigo meu e uma menininha LINDA sobrinha de um casal amigo meu :-)

Estou com saudades de vocês. Quero mais posts aqui :-)

Vinicius disse...

Tipo... atualiza! Quero mais news! hehehehe

Beijossssssssss!

Wagner Saback Dantas disse...

Oi, Cá!

De volta a Fpolis depois de 19 dias em Salvador. Saudades findadas, saudades continuadas. Não deu para rever todos, deu para rever pessoas importantes. É a vida.

Li os últimos posts. Menina, que agito, hein? Estou acompanhando de pertinho as suas novas andanças lingüísticas. Fiquei surpreso com os "tremas" do "boa tarde" também. Como se chamam estes sinais que parecem "tremas" no finlandês? Sei que em alemão não é trema (não funciona como tal), mas Umlaut. E aí?

Recadinhos para quem costuma escrever aqui:

(a) Vinnie, libera os comentários para quem não tem conta do Google (tipo, eu!);

(b) Lu, os trabalhos do EOG estão à toda, hein? Muito bom!

Tenhamos um ótimo final de semana!

É isso,
Wagner - Fpolis, SC, BR, 03.02.2007, 00h27 (horário brasileiro de verão).

EVANDRO SOUZA disse...

hi nice to meet
i know you dont know who iam,but let say to you
my name is evandro souza
im from manaus
yes iam brazilian..why i are written in english ...sei la vai ver é boça
mas que legal a sua vida vc ja tem material de vida suficiente para um livro
gostaria de me corresponder com vc
se quiser or if you want
barevandro@yahoo.com.br
te cuida take care

daniele disse...

oi carol! todo bem? que legal vc estar aprendendo finlandes.eu passei a gostar desse idioma quando ouvi uma música em finlandes. não achei tão dificil de cantar, logo deduzi que não deve ser díficil de falar, então tomei a iniciativa de aprender sozinha já que não tenho como pagar por uma aula, será q consigo? hehehehehe...onde vc está estudando esse idioma? o nome do lugar(facu ou universidade)